APRENDA SOBRE O SOL

O nosso guia para aproveitar o sol em segurança

Todos os protetores solares de PIZ BUIN® contêm os nossos filtros de proteção solar avançada UVA/UVB para assegurar uma proteção eficaz ao sol. No entanto, acreditamos que nunca é demais obter informações sobre o sol e sobre os potenciais efeitos que pode ter sobre nós.

Na informação abaixo destacamos alguns factos importantes sobre o sol para que o possa aproveitar da melhor forma, com responsabilidade. 

  • O SOL

    As radiações UVA e UVB são termos com os quais estamos familiarizados, mas o que significam e como é que nos podem afetar? Descubra aqui.. +

    • Radiação

      O sol fornece a terra com energia vital e é o principal fator na determinação do clima. O sol não envia apenas radiação visível para a terra, envia também radiação invisível que pode ter um impacto negativo na nossa saúde se for recebida em doses demasiado elevadas.

      A radiação solar é composta por uma ampla variedade de raios. Alguns nem sequer chegam à terra uma vez que são bloqueados pela camada de ozono. A radiação que atinge a Terra consiste nos raios visíveis, raios infravermelhos (IV) e raios ultravioleta (UV). A radiação ultravioleta é subdividida em raios UVA, UVB e UVC, dependendo do seu comprimento de onda. Os raios UVC são também bloqueados pela camada de ozono.

      Radiação Visível

      A radiação visível é composta por todas as cores que vemos a olho nu.

       

      Raios Infravermelhos (IR)

      Os raios infravermelhos (IR) transportam raios de energia térmica, permitindo-nos sentir o calor.

       

      Raios Ultravioleta (UV)

      Os raios ultravioleta (UV) são raios invisíveis e estão divididos em raios UVA, UVB e UVC. Os raios UVA podem causar problemas de pele a longo prazo, incluindo cancro e envelhecimento prematuro da pele, enquanto que, os raios UVB são os principais responsáveis pelas queimaduras solares. Os raios UVA atingem cerca de 10 vezes mais a superfície da terra do que os raios UVB. Os raios UVC são absorvidos pela atmosfera da terra e não afetam a pele.

      A intensidade da radiação solar depende de vários fatores, incluindo a época do ano, hora do dia, latitude, altitude, reflexões no solo e condições climáticas. O sol é mais brilhante ao meio-dia, por exemplo, e em altas altitudes, havendo menos radição UV absorvida, pois a camada da atmosfera é mais fina.

       

      80% dos raios UV penetram as nuvens.

      A neve limpa reflete todos os raios UV até 80%

      60% dos raios UV ocorrem entre as 10 da manhã e as 2 da tarde.

      A radiação UV aumenta 4% a cada 300 metros de altitude.

       

      A sombra consegue reduzir a exposição aos raios UV em 50% ou mais.

      A meio metro abaixo da superfície da água, a radiação UV é ainda 40% tão intensa como na superfície.

      A areia branca reflete até 15% dos raios UV.

      A água reflete cerca de 25% da radiação UV.

      Efeitos do Sol

      O sol faz com que a vida na terra seja possível, mas também pode ter efeitos nocivos - especialmente sem proteção solar suficiente.

       

      Efeitos imediatos

      Pigmentação Imediata
      O primeiro efeito de coloração relacionado com a exposição solar é conhecido como "pigmentação imediata", ou uma coloração que aparece durante a exposição e desaparece dentro de 2 horas. Causada pela radiação UVA e pela radiação visível, a pigmentação imediata não protege contra queimaduras solares.

      Escurecimento Persistente do Pigmento (EPP)
      O EPP aparece durante a exposição solar e permanece por vários dias. Não tem propriedades protetoras.

       

      Efeitos Retardados

      Queimadura de sol
      Se não se proteger da elevada exposição aos raios UV, estes raios começarão a penetrar as camadas da pele. Eventualmente, os vasos sanguíneos abaixo da superfície da pele podem expandir-se e libertar fluidos, causando inflamação e vermelhidão. A queimadura solar aparece normalmente pela primeira vez 2 a 6 horas após o início da exposição, atinge a sua intensidade máxima dentro de 24 a 36 horas e desaparece após 3 a 5 dias.

      Bronzeado (pigmentação tardia)
      O bronzeado aparece 3 a 5 dias após a exposição ao sol, quando as células específicas da pele, chamadas melanócitos, começam a sintetizar melanina, o pigmento natural da pele responsável pelo bronzeado. A melanina é depois transferida para as células vizinhas, chamadas queratinócitos, que são o tipo de células principal da epiderme ou camada superior da pele. Ao contrário da pigmentação imediata, o bronzeado real ajuda a proteger contra os efeitos nocivos da radiação UV. O bronzeado desaparece progressivamente, mas lembre-se que as pessoas com um bronzeado natural também precisam de aplicar protetor solar, uma vez que o bronzeado não oferece proteção suficiente contra a exposição UV.

       

      Efeitos a longo prazo

      O envelhecimento da pele
      A exposição solar tem um papel importante no processo de envelhecimento da pele. Até 90% de todos os sinais visíveis de envelhecimento podem ser atribuídos aos efeitos nocivos da exposição solar.

      O cancro da pele (melanoma)
      O cancro da pele, ou melanoma, parece ser causado por danos na estrutura do ADN das células da pele que estão expostas ao sol - apenas 5% de todos os carcinomas ocorrem em áreas da pele que não estão expostas. As lesões destas células da pele conduzem ao crescimento de células degeneradas que, por sua vez resultam em cancro. Na Europa, o cancro da pele é muito mais prevalente no norte, onde a pele das pessoas tende a conter menos pigmentação.

       

      Efeitos acidentais

      Intolerâncias solares
      O tipo mais comum de erupção cutânea induzida pelo sol é a erupção benigna da radiação do verão (EBRV). Particularmente comum entre as mulheres jovens, a EBRV manifesta-se através de pequenas pápulas (lesões sólidas) na garganta, peito e parte de trás dos antebraços, que podem causar comichão. Os efeitos aparecem passadas algumas horas após a exposição solar intensa e desaparecem dentro de poucos dias.


  • ESTEJA SEGURO E PROTEGIDO AO SOL

    Os protetores solares da PIZ BUIN® proporcionam-lhe a proteção solar que precisa, mas e o que mais pode fazer para assegurar a máxima segurança durante a exposição solar? +

    • Proteção Solar

      Como é que os filtros solares funcionam?
      A principal tecnologia utilizada em qualquer protetor solar é o filtro UV. Os filtros UV podem ser químicos ou físicos.

      kts_img_640_chemical_filter.png

       

      Filtro químico

      Os filtros químicos absorvem a radiação UV e convertem-na em raios de comprimento de onda maior, que são menos prejudiciais para a pele.

       

       

      kts_img_640_psysical_filter.png

      Filtro Físico

      Os filtros físicos refletem, transmitem ou absorvem parcialmente a radiação e podem proteger contra os raios UVA e UVB. Os dois filtros físicos mais comuns são o dióxido de titânio e óxido de zinco.

       

      O que significa Fator de Proteção Solar (FPS)?

      O Fator de Proteção Solar (FPS), especificado na sua embalagem de protetor solar, diz-lhe qual a quantidade de proteção solar que o seu protetor oferece contra os raios UVB.

      Em geral, quanto maior o número do FPS do seu protetor, maior a proteção, assim um FPS 6 ou 10 oferece baixa proteção, FPS 15, 20 ou 25 oferece proteção média, FPS 30 ou 50 oferece proteção elevada, e SPF 50 + oferece proteção muito elevada. O FPS é medido através de um ensaio padronizado.

      O número do FPS indica o período de tempo que pode ficar exposto ao sol antes deste começar a queimar. Como funciona: tenha em consideração o intervalo de tempo (em minutos) que normalmente demora para que a sua pele comece a ficar queimada pelo sol sem proteção solar (digamos 15 minutos). De seguida, multiplique o número de minutos pelo número do FPS (neste caso, o FPS 6). 15 x 6 = 90, tem cerca de 90 minutos antes de começar a ter uma queimadura solar. Por outras palavras, quanto maior o FPS maior a proteção do seu protetor solar. Mas lembre-se que estes são valores teóricos. Na realidade, o tempo depende, entre outros fatores, do seu fototipo de pele e da intensidade da radiação UV local.

      Para escolher o FPS certo, precisa de considerar vários fatores. O mais importante é o fototipo da sua pele, que inclui a cor da pele antes da exposição ao sol, a cor do cabelo, a cor dos olhos e outros fatores. Também precisa de ter em consideração o local para onde vai de férias e a época do ano em que vai.

       

      O que significa "proteção fotoestável"?

      Para proteger a pele, os protetores solares usam filtros UV que absorvem a radiação do sol. Quando um protetor solar é exposto a esta radiação, pode sofrer alterações na estrutura química dos filtros UV, degradando assim a sua capacidade de proteção.

      Um protetor solar "fotoestável" tem melhor capidade de suportar os efeitos da exposição aos raios UV, mantendo por isso o seu nível de proteção.

      Todos os protetores solares PIZ BUIN® proporcionam uma proteção fotoestável.

       

      O que significa "proteção de amplo espetro"?

      Um protetor solar com proteção de amplo espetro significa que tem a capacidade de proteger contra os efeitos nocivos dos raios UVA (raios responsáveis pelo envelhecimento) e UVB (raios responsáveis pelas queimaduras). Para ser classificado como um protetor que proporciona proteção de amplo espetro, um protetor solar tem de absorver ou refletir pelo menos 90% dos raios UV de 290-400 nanómetros (nm) de comprimento de onda.

      Todos os protetores solares PIZ BUIN® oferecem proteção de amplo espetro.

       

      Resistência à água

      É importante que o protetor solar seja resistente à água quando vai nadar porque a radiação UV a meio metro abaixo da superfície da água ainda é 40% tão intensa como é na superfície. Também precisa proteger a parte do corpo que está acima da superfície, uma vez que a água reflete cerca de 25% da radiação UV e pode intensificar os efeitos nocivos.

      Quase todos* os protetores solares PIZ BUIN® são resistentes a extra resistentes à água, como o nosso PIZ BUIN WET SKIN® Spray Solar Transparente.

      *O seguinte produto PIZ BUIN® não é resistente à água: PIZ BUIN® Allergy Spray FPS30.

       

       

      Dicas de Segurança ao Sol

      Ir de férias, muitas vezes significa expor a pele ao sol pela primeira vez depois de um longo inverno de frio e roupas quentes. É importante dedicar uma atenção extra à sua pele antes de sair para se certificar de que está pronto para a mudança repentina.

       

      Dicas para uma aplicação segura e eficaz do protetor solar e comportamento ao sol:

      1. Aplique o protetor solar pelo menos 20 minutos antes da exposição solar para permitir a máxima absorção e proteção.
      2. Certifique-se de que está a aplicar uma quantidade de protetor solar suficiente. A aplicação de uma dose reduzida reduz significativamente o nível de proteção. Preste especial atenção às áreas mais sensíveis, como as orelhas, ombros, decote e pescoço.
      3. Não se esqueça das áreas de difícil acesso que são facilmente esquecidas, como as orelhas, pés e parte superior das costas.
      4. Reaplique o protetor solar a cada 2 horas. Aplique mais frequentemente depois de nadar, transpirar ou secar-se com uma toalha.
      5. Evite a exposição solar do meio-dia, entre as 11:00 e as 15:00, durante os meses de verão ou quando em férias em países tropicais.
      6. Se estiver a tomar alguma medicação, consulte o seu médico ou farmacêutico para se certificar de que pode passar tempo ao sol. Alguns medicamentos podem tornar a pele mais sensível aos raios solares.
      7. A exposição excessiva ao sol pode ter efeitos nocivos na sua saúde, por isso evite a exposição solar ao longo de muitas horas, mesmo quando usa proteção solar.
      8. Proteja as crianças. As crianças são particularmente vulneráveis aos efeitos da radiação UV e muitas vezes passam mais tempo ao ar livre do que os adultos. Os pais devem ter cuidados especiais para protegê-los do sol usando roupas mais adequadas, chapéus, óculos de sol e protetor solar. Mantenha os bebés e as crianças pequenas afastados da exposição direta ao sol.

       

      Tipos de pele

      Diferentes tipos de pele reagem de formas diferentes ao sol, por isso o tipo de pele que tem influência o intervalo de tempo que pode ficar ao sol e o tipo de protetor solar que precisa.

       


  • FAQ

    O que mais preciso de saber sobre a utilização dos protetores solares de PIZ BUIN® +

    • Será que usar protetor solar me vai impedir de ficar bronzeado?

      Muito pelo contrário. Apesar de a pele mudar de cor mais lentamente quando usa protetor solar, o bronzeado resultante será melhor e mais duradouro uma vez que o protetor solar irá impedir que a pele queime e descame. Alguns dos produtos PIZ BUIN® contêm ainda ingredientes especiais que estimulam a produção natural e a distribuição uniforme dos pigmentos naturais da pele responsáveis pelo bronzeado.

       

      Quanto tempo dura o protetor solar após passar do prazo de validade?

      Depende se a embalagem foi aberta. Se não tiver sido aberta, poderá usar o produto sem problema. Todos os protetores solares PIZ BUIN® são testados de acordo com a legislação da UE e têm uma vida útil de mais de 30 meses. Se a sua embalagem tiver sido aberta há mais de 12 meses, então terá de comprar uma embalagem nova.

       

      POSSO DIMINUIR O NÍVEL DE FPS SE PASSAR MAIS TEMPO AO SOL? COM QUE RAPIDEZ?

      Pode diminuir o nível de proteção passo a passo durante as suas férias assim que a sua pele tiver produzido o seu próprio sistema de defesa: o bronzeado. Depois de alguns dias de proteção efetiva, pode experimentar mudar de um protetor de proteção elevada para um de proteção média. Mas lembre-se que as pessoas com um bronzeado natural também precisam de aplicar protetor solar, uma vez que o bronzeado não oferece proteção suficiente contra a exposição UV. Tenha também em consideração que o nível de FPS que precisa depende muito do seu fototipo de pele e da intensidade UV local.

      Se não tiver certeza sobre o nível de FPS certo para o seu protetor solar, escolha sempre o mais elevado.

       


 

© Johnson & Johnson, Lda 2017
Este site é publicado pela Johnson & Johnson Limitada,
única responsável pelo seu conteúdo.
Esta página é dirigida a residentes de Portugal. PT/PZB/15-0624
Data da última atualização: maio 2017.